Entendendo como funciona a memória RAM no Notebook

Dá uma olhada neste vídeo que preparamos para explicar como funciona a memória RAM no Notebook de uma forma bem simplificada.

Uma forma de deixar mais claro para os leitores que se consideram mais leigos no assunto de hardware dos coputadores.

Chamada de “memória de trabalho” a RAMRandom Access Memory (Memória de Acesso Aleatório) é do tipo temporária (que opera só com o que está aberto no momento). Quando você desliga o notebook, tudo será apagado – diferente de outras memórias de Armazenamento como o HD ou os novos SSD, que salvam permanentemente.

memoria ram de notebook marca kingston

A memória RAM é um chip semelhante a um micro-processador, composto por milhões de transistores e capacitores e cada Módulos de memória (plaquinha de memórias) costuma ser chamada popularmente “pente de memória” como a imagem acima.

Analogia simples

O exemplo de referência de uma mesa de trabalho, que quanto maior o tamanho, mais ferramentas podem ser adicionadas, vale para a RAM. Quanto mais espaço em GB, maior a possibilidade de programas e janelas abertas!

E o notebook fica mai rápido? Já a questão da velocidade está relacionada as detalhes a seguir:


Tipos e tecnologias

instalar mais memória RAM notebook

Lembrando que o padrão de RAM dos notebooks são do encaixe SODIMM, que é um padrão menor que os computadores convencionais.

  • Tecnologia – Atualmente as mais populares são as DDR4, padrão de transferência de dados e velocidade, mas você ainda encontra muitos modelos no mercado do tipo DDR3.
  • Frequência –  medida em (MHz) está ligada a tecnologia da velocidade | Exemplo: DDR4 2133MHz.
  • E o DRR5? – O novo padrão está sendo implementado e deverá chegar pelo ano de 2018.

Veja também:

Temos alguns posts mais antigos que falam sobre este assunto, e podem te ajudar a tirar mais dúvidas!

quanto de memória RAM é o suficiente no notebook


Largura e velocidade do barramento
Outras características que influenciam na capacidade de processamento da memória RAM são a largura e a velocidade do barramento, que é um conjunto de “fios” responsáveis pela conexão da memória com os outros componentes.

A largura nos diz o número de bits que podem ser enviados ao CPU simultaneamente. A velocidade é o número de vezes que esse grupo de bits pode ser enviado a cada segundo.

A memória comunica-se com o CPU, trocando dados, e completa o que se conhece como ciclo de barramento. É esse período que apresenta o desempenho da memória que, pode ser de 100MHz e 32bits, por exemplo. Isto significa que tal memória é capaz de enviar 32bits de dados ao processador 100 milhões de vezes por segundo. No entanto, existe um efeito chamado latência, que atrasa a taxa de transferência de dados de forma significativa quando se envia o primeiro bit.

TechTudo


Quer mais dicas de compra? Então se liga no nosso canal do Youtube ou navegue pelo nosso site para ver as últimas recomendações!

Laptoper

Laptoper é um especialista em notebooks que escreve os principais artigos do site "Que Notebook Comprar". Também dá as melhores dicas e ajuda quem quer comprar ou trocar seu notebook pelo melhor modelo.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *