Telas de notebook: Brilho, Contraste e Fidelidade de Cores | QNC Explica

Neste terceiro conteúdo especial sobre telas de notebook do nosso quadro “QNC Explica” vamos falar sobre brilho, contraste e fidelidade de cores, assuntos importantíssimos principalmente para profissionais que trabalham com imagens: fotógrafos, designers, arquitetos, ilustradores etc.

Em outros episódios já falamos sobre resolução e ângulos de visão, confira em nosso canal do YouTube.

Como já explicamos anteriormente, a resolução Full HD é a mais indicada, assim como painéis do tipo IPS (ou similares) são os melhores por não distorcerem as imagens em diferentes ângulos de visão. Mas, você sabia que telas IPS também podem ser de nível ruim/mediano? Existem modelos que entregam cores menos vibrantes ou brilho muito baixo, por exemplo.

Então, para saber qual notebook comprar, priorizando a qualidade da tela, confira nossas dicas.


Brilho da tela: cd/m² ou Nits

O brilho de uma tela de notebook nada mais é que a luz máxima emitida pelos LEDs que estão lá no fundo do painel. A intensidade dessa luz é representada pela sigla cd/m² — que significa “candelas por metro quadrado” — ou então pela palavra Nits.

A medida cd/m² faz parte do Sistema Internacional de Unidades e está relacionada à intensidade luminosa. Uma “candela por metro quadrado” é equivalente a um “Nit”, então na prática é a mesma coisa, cada fabricante divulga de um jeito.

QNC Explica brilho uma candela por metro quadrado equivale a um Nit

“Nits” parece ser uma palavra mais bonitinha para a publicidade e vem sendo a mais adotada pelo mercado.

Uma tela mais básica possui cerca de 250 nits, já uma tela mais profissional possui cerca de 400 nits. O brilho mais alto é útil principalmente para trabalhar em ambientes muito iluminados e também para deixar as imagens mais vibrantes.

QNC Explica brilho contraste fidelidade de cores comparativo

Na esquerda um notebook de brilho 250 Nits e 65 sRGB. Na direita um notebook de brilho 400 Nits e 100% sRGB

Existem ainda equipamentos top de linha como o Dell XPS 13 que atingem 500 nits!


Contraste: diferença entre tons escuros e claros

Além do brilho, temos também o contraste, que mostra quantas variações existem entre a cor preta a cor branca, entre os tons mais escuros e mais claros exibidos pela tela. Essa taxa de contraste é representada por um número grande seguido de dois pontos e o número “1”, como nestes exemplos:

  • 600:1 = Seiscentos por um
  • 800:1 = Oitocentos por um
  • 1200:1 = Mil e duzentos por um

Quanto maior o primeiro número, mais variações existem entre os tons escuros e claros, entregando imagens com muito mais detalhes, muito mais naturais aos olhos.

QNC Explica contraste comparativo baixo contraste alto contraste

Como já foi dito no vídeo sobre ângulos de visão, esses detalhes de brilho ou contraste infelizmente muitas vezes não são divulgados pelas fabricantes, principalmente em notebooks mais simples e baratos.


Fidelidade de cores: sRGB e Adobe RGB

Outro assunto importantíssimo é a fidelidade de cores, que também muitas vezes não é informada pelas fabricantes. Ela é medida normalmente em porcentagens pelo padrão sRGB, um “espaço de cores” criado pela HP e Microsoft e utilizado por várias empresas de softwares ou equipamentos voltados para atividades profissionais envolvendo imagens.

Esse “espaço de cores” é representado por um espectro onde nas extremidades são mostradas as cores que o olho humano é capaz de enxergar e mais ao centro são delimitadas as cores que a tela consegue reproduzir.

QNC Explica fidelidade de cores sRGB

Quanto maior a porcentagem, mais as imagens serão fiéis à realidade, por isso chamamos de fidelidade de cores.

Existem ainda outras escalas para medir a fidelidade de cores, como a Adobe RGB que permite que o monitor entregue ainda mais tonalidades, mas é raríssimo encontrar notebooks com este tipo de fidelidade.

Uma fidelidade de cores de cerca de 60% sRGB não é tão indicado para profissionais, é importante buscar notebooks com tela de fidelidade de 100% sRGB.


Resumo geral sobre brilho, contraste e fidelidade de cores

QNC Explica brilho contraste fidelidade de cores resumo temas mais importantes

  • Mesmo painéis IPS (ou WVA ou PLS) podem ter taxas de brilho/contraste ou fidelidade de cores abaixo da média. Não vão distorcer as cores, mas nem sempre vão entregar a melhor qualidade de imagem possível;
  • O brilho de uma tela é medido em “candelas por metro quadrado” ou “Nits”, sendo este último o nome mais utilizado atualmente. Quanto mais Nits, melhor;
    • Na faixa dos 300 a 400 Nits a qualidade é superior, encontrada em equipamentos premium, ideal para trabalhar em ambientes bem iluminados;
  • Já o contraste mede as variações existentes entre o tom mais escuro e o mais claro reproduzidos por uma tela. Quanto maior o número, melhor.
    • Quanto maior o contraste, mais as imagens ficam cheias de detalhes e naturais aos olhos;
  • Por último, mas não menos importante, a fidelidade de cores é medida em porcentagens, e o padrão de “espaço de cores” mais usado pelo mercado é o sRGB.
    • 100% é muito bom, 70% ou menos começa a ficar ruim para uso profissional.

Algo que não falamos neste vídeo, mas vale a pena comentar, é que as telas TN daquelas mais baratinhas podem ter apenas 45% de fidelidade na escala sRGB. Então, se você é profissional, fuja dessas telas.


Conclusão: Qual tela de notebook escolher?

Como pudemos ver em todos os conteúdos especiais sobre tela, são muitos detalhes a serem considerados:

  • Resoluções de tela: HD, Full HD, 4K
  • Ângulos de visão: Painéis do tipo TN, VA, IPS, WVA, PLS etc.
  • Brilho: medido em cd/m² ou Nits
  • Contraste: medido em variações entre tons escuros e claros
  • Fidelidade de cores: medida em porcentagens sRGB ou Adobe RGB e outras

É aconselhável assistir reviews no YouTube para ter uma noção melhor da qualidade geral da tela do seu notebook dos sonhos antes de comprá-lo. Ou, sempre que possível, ver ao vivo na loja mesmo. Mas é importante saber que para telas de uso profissional é preciso “abrir o bolso” e investir uma grana mais alta.

Depois de tirar suas conclusões e fazer sua escolha você pode acessar nosso blog ou nossos grupos do WhatsApp e Telegram onde normalmente divulgamos ofertas melhores que na loja física.

Telas de notebook: Brilho, Contraste e Fidelidade de Cores | QNC Explica

VER NO YOUTUBE

Bom, é isso galera. Nessa série de 3 vídeos desvendamos quase todos os segredos de uma boa tela para notebook. Ainda existem outras questões importantes, como a taxas de atualização em Hertz, mas isso é assunto pra algum novo episódio de “QNC Explica” falando especificamente sobre notebooks da categoria gamer.


Confira os outros vídeos da série sobre telas

Notebook HD ou Full HD? Ou UHD 4K? Entenda as resoluções de telas | QNC Explica

Quais as diferenças entre os tipos de tela de notebook? TN, VA, IPS, WVA, PLS… | QNC Explica

 

Notebooks citados no vídeo

Dell XPS 13 XPS-9300-A30S | Core i7 10ª Ice Lake | RAM 16 GB | SSD 1 TB | UHD 4K 16:10 Multitouch

Unboxing Notebook Dell XPS 13 9300: primeiras impressões do premium ultrafino

Notebook Lenovo IdeaPad L340 81TR0002BR | i5-9300H | GTX 1050 | Tela IPS

 

Lenovo Yoga S740 81RM0004BR Core i7 de 10ª | 8GB | SSD 256 | MX 250 | 14″ IPS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Resultados

  1. CINTHIA REIS MADERO disse:

    Qual notebook vc indica para usar pacote adobe + corel com tela de alta resolução, 100%sRGB e IPS?

  2. ISAQUE disse:

    Completo com todas as informações que eu precisava, obrigado! Mas sobre os notebooks sRGB, vocês tem algumas sugestões boas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *