Diferenças dos processadores H para notebook dos demais

Comparação processadores U e H

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre os processadores H para notebook, uma das linhas mais potentes disponíveis atualmente nos portáteis. O que eles são capazes de oferecer? Seria um modelo evoluído da linha U? Confira as respostas nesse post!

Entendendo o processador

Para entender essas diferenças entre os processadores, que são conhecidos como o “Cérebro” do computador, precisamos primeiro ter uma base sobre o que eles são e o que eles fazem.

Processador Hyper-Threading no notebook

O que é o clock (frequência) do processador?

O clock é basicamente o número de ações que o processador consegue executar por segundo. As ações podem variar entre dar uma ordem para o armazenamento, escrever algo na RAM, ler algo da RAM, entre outras coisas.

Por exemplo, um computador que faz uma ação por segundo tem o clock de UM HERTZ (1 Hz). Agora, imagine os processadores de hoje em dia que variam entre 2 – 4 GIGA hertz! Dito isso, eles podem ser capazes de realizar cerca de mais de dois bilhões de pulsos de clock por segundo.

O clock é a maneira mais simples de indicar o desempenho de algum processador. Quanto mais pulsos de clock por segundo, mais rápido ele será.

O que são os núcleos do processador?

Um núcleo de um processador é uma unidade de processamento que lê as instruções dadas pelo sistema para completar as ações. Tudo no seu notebook depende dessa leitura, seja abrir uma pasta ou escrever um texto no Word. As partes visuais, como a área de trabalho, as janelas, ou até mesmo gráficos de jogos são trabalho para a placa de vídeo, as quais contém vários processadores para trabalhar nessas informações em conjunto.

Antigamente os processadores tinham apenas um núcleo, mas com o passar dos anos foram dobrando algumas vezes. Dá pra dizer que versões com 2 núcleos são o equivalente a 2 processadores.

Processadores Intel Core comparação

O que são threads?

Diferente dos núcleos, os threads não são físicos, mas sim virtuais. Eles ajudam a ler e executar as instruções de diferentes processos do sistema.

É um pequeno programa que trabalha como um “subsistema”, em que um processo pode se dividir em duas ou mais tarefas. Essas tarefas simultâneas podem ser executadas ao mesmo tempo para rodar mais rápido do que um programa isolado.

Ele é conhecido popularmente por ser um tipo de “núcleo virtual”.

O que é vídeo integrado?

Diferente das placas de vídeo dedicadas (Nvidia e AMD) as placas de vídeo integradas basicamente vêm em conjunto com o processador. Não dá pra se comparar com as placas dedicadas, porém elas já ajudam bastante no caso dos notebooks, e alguns processadores da oitava geração conseguem rodar até alguns jogos atuais somente com a placa integrada.

Apenas para ficar claro, dentro do processador existe a parte dos núcleos de processamento CPU e também o processamento de vídeo integrado GPU. Ou seja os dois itens estão todos juntos.

Linha H e Linha U

Nós já fizemos um post aqui no site sobre  Como escolher o processador para notebook: Séries U, H, HQ? explicando as principais diferenças entre eles, porém achamos que os detalhes entre as linhas U e da linha H precisam de mais informações para quem fincou interessado em saber mais.

Linha U (processadores de notebook)

Notebook Acer A515-51G-C690 core i7

Este é o padrão dos processadores de notebooks tradicionais, estes que você vê na grande maioria das lojas de varejo.

Ou seja, são modelos pensados para os equipamentos portáteis. Diferente dos modelos grandões de computadores de mesa, é necessário pensar em redução de aquecimento. Então, isso é feito devido ao espaço menor para coolers refrigeradores e também menor consumo de energia, para fazer a bateria durar mais.

Sendo assim, estes processadores ficam um pouco abaixo dos destinados aos desktops, mesmo assim dão conta tranquilamente do uso comum e diário, com a possibilidade de realizar algumas tarefas um pouco mais pesadas, especialmente em modelos Core i7.

Os notebooks com características mais avançadas ainda possuem uma placa de vídeo dedicada mais simples para poder rodar uns joguinhos, porém podem apresentar limitações em suportar alguns dos jogos atuais, pesados em ajustes altos.

Veja os principais:

  • i5 8250U – Este processador aqui é um quad core, com 8 threads e frequência base de 1.60 GHz (6MB Cache), podendo chegar a 3.40 GHz com o Turbo Max. A placa integrada dele é uma Intel UHD Graphics 620.
  • i7 8550U – Também quad core com 8 threads, mas com uma frequência base de 1.80 GHz (8MB Cache), podendo chegar até 4 GHz com o Turbo Max. Ele conta com uma Intel UHD Graphics 620 como placa de vídeo integrada.

Linha H (processadores Especiais de notebook)

Notebook Gaming Dell G7 Intel 8ª geração série H

Essa é uma linha feita pensando no desempenho. Então ela será um pouquinho melhor que os processadores do mesmo modelo e da mesma geração.

O i7 8750H é superior em desempenho ao i7 8550U.

Ela conta com processadores mais potentes, e que vão conseguir executar tarefas mais pesadas com facilidade. Sendo mais fortes, os processadores H para notebook precisam de uma bateria melhor e uma refrigeração muito boa. Notebooks equipados com essa linha geralmente são os “Gamers” ou “Profissionais”. Portanto, vêm com uma placa de vídeo mais poderosa que vai permitir rodar a maioria dos jogos atuais em uma qualidade mais alta.

A título de comparação, achamos essa tabela que contém os processadores H e outros da linha Xeon e Core i9, que são modelos mais poderosos.

tabela processadores

Vale observar que os modelos do Intel Xeon, i5 8400H e i7 8850H não são comercializados aqui no Brasil.

Os principais modelos de processadores H para notebook da nova geração são:

  • i5 8300H – Da oitava geração, esse é um quad core com 8 threads e frequência base de 2.30GHz (8MB Cache), que chega até 4GHz com Turbo Max. A integrada dele é uma Intel UHD Graphics 630.
  • i7 8750H – O mais eficiente atualmente para notebooks, sendo um SIX CORE (6 núcleos) com 12 threads. A frequência base dele é de 2.20GHz e consegue chegar até 4.10GHz com Turbo Max (9MB Cache), e a placa integrada dele também é uma Intel UHD Graphics 630.

Desempenho real

Nesse vídeo do Adrenaline é falado sobre o notebook gamer Avell G1550 Fox, que acompanha o novo i7 , um dos processadores H para notebook da nova geração – o i7 8750H – que já citamos. Então, ele passa por uma série de testes em jogos, contando com uma placa de vídeo dedicada GTX 1060. Os jogos testados foram: Assasin’s Creed Origins, PUBG e Battlefield 1.

O processador se saiu muito bem junto com a Nvidia Geforce, com uma média dos 50 – 60 fps nos três jogos e média de 80 – 90% de uso total.

Também são recomendados para uso profissional

notebook avançado e profissional

Estes processadores H para notebook também são recomendados para quem tem uma profissão que mexe com animação 3D, modelagem e simulações. São áreas bem pesadas, e os processadores mais fracos não vão te deixar trabalhar com fluidez.
Lembrando que, como já foi citado aqui no post, geralmente esses da linha H vem acompanhados com placas de vídeo mais potentes, que também são ótimas para essas tarefas.

Vale lembrar que equipamentos com estes processadores H ou HQ são um patamar acima dos tradicionais U e possuem valores mais altos de compra.

Linha HQ

Notebook Gamer Acer VX5-591G-54PG com desconto

A linha HQ é basicamente a linha de processadores H para notebook, porém da geração passada (7ª ger.). Então, não existe nenhum processador da oitava geração que seja HQ.

Sendo da geração passada, eles são inferiores aos H, mas ainda tem mais desempenho que os da linha U da mesma geração. Porém, se as gerações forem diferentes há uma exceção. A exceção é o i7 U da oitava geração, que se mostrou mais poderoso que o i5 HQ da sétima.

O i5 8300H é melhor que o i5 7300HQ, mas o novo i7 8550U por exemplo, chega a ser melhor que o i5 7300HQ

Veja os principais desta linha:

  • i5 7300HQ – Esse aqui é um quad core também, porém com 4 threads. A frequência base é de 2.50GHz (6MB Cache), podendo atingir até 3.50GHz com o Turbo Max. A integrada dele é uma HD Graphics 630.
  • i5 8300H – Esse é um quad core com 8 threads e frequência base de 2.30GHz (8MB Cache), que chega até 4GHz com Turbo Max. Ele conta com uma Intel UHD Graphics 630 como placa integrada.

Onde achar notebooks gamer?

Nós temos alguns posts aqui mesmo no nosso site onde recomendamos os melhores notebooks gamers. Dê uma olhada nesse aqui!notebooks para gamers recomendado 2017 para compra brasil

Conclusão

Como vimos, os processadores das linhas U e processadores H para notebook tem as suas semelhanças e diferenças, sendo que alguns da linha U atual podem superar os mais antigos da linha HQ. Sendo assim, se você está precisando decidir entre as duas linhas, dê uma refletida sobre o seu tipo de uso. Realmente precisa de tanto desempenho? Compensa o investimento?

Até mesmo para jogos, às vezes dependendo dos títulos que você vai rodar em um notebook mais simples consegue atender razoavelmente bem às necessidades.

Bom, é isso aí galera! Gostaram? Alguma sugestão? Compartilhe com a gente ali embaixo nos comentários!

O Editor

Especialista em informática e responsável pelas publicações do site relacionadas as notícias, novidades e dicas sobre o mundo dos notebooks e portáteis.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Raul Lopes disse:

    Tenho duas máquinas, ambas adquiri em 2015: um desktop (esse eu montei) e um notebook. O notebook é um Dell com um processador Core i5 4210U, 8GB RAM, SSD 240GB e uma GeForce 820M. O desktop tem um processador Core i7 4790, 16 GB RAM, SSD 250GB, HD 1TB, GeForce GTX 970. Ambas rodam o Windows 10 e há algumas diferenças nos softwares instalados.

    A minha experiência com ambas as máquinas varia devido ao que faço em cada uma. O notebook é muito bom para fazer serviços externos (sou engenheiro civil) e visitas à obras, pois muitas vezes preciso abrir alguma planilha ou documento nos locais onde ando. Também quando viajo ele é essencial para poder continuar trabalhando. Em compensação o processador dele não é muito potente para me permitir fazer um projeto médio/grande no Revit ou AutoCAD ou até edição de vídeo mais avançada no Filmora, até porque tem uma tela de 14″ com resolução HD, e isso é pouco para projetos, mas bom para portabilidade. Para essas atividades uso o desktop, o qual tem dois monitores de 21,5″ IPS 1080p, me concedendo um desempenho e multitarefas excelente para os projetos e jogos casualmente.

    E o que posso passar para quem procura a melhor solução? Se vai fazer faculdade ou viajar, pegue um notebook, e quando precisar de mais desempenho monte um desktop e então use os dois. Esqueça notebooks de alto desempenho porque são caros e vc não pode fazer upgrades, ao contrário dos desktops que vc troca todas as peças. Ao longo dos anos eu troquei um Core i5 4570 do meu desktop pelo atual Core i7 4790 e o ganho em performance foi notável.

    Alguma coisa a mais? Sim, esqueça HDs, só use pra armazenamento. HDs são lentos demais para softwares e sistemas operacionais atuais. Coloque SSDs em toda máquina que vá utilizar, mesmo que seja para uso pessoal, porque senão até teu celular vai desempenhar melhor e vc vai preferi-lo ao computador.

    • O Editor disse:

      Valeu por compartilhar a sua experiência com a gente e com os outros leitores Raul! Gostamos sempre de ver coisas assim por aqui, ainda mais uma experiência de vida dessa!

  2. Gabriel disse:

    Perfeito! Estão de parabéns pela publicação, ajuda bastante alguém que não entende muito, como eu.

  3. Julio disse:

    Parabens pelo artigo acompanho desde o ano passado o site conheci na época do black friday e desde já vivo me atualizando por aqui. Jesus continue abençoando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *