Notebook com Processador Ryzen 7 2700U é bom?

Logotipo Ryzen 7 com notebooks Envy 360 e IDeapad 330S

Nem só de processadores Intel vive o mercado. A AMD, desde o final de 2017, oferece processadores de arquitetura Zen na versão mobile, focada em notebooks. Um de seus modelos de maior sucesso é o Ryzen 7 2700U, concorrente direto do modelos Intel Core i5 e i7.

Logotipo da linha de processadores Ryzen 7

 

O 2700U é a versão portátil do Ryzen 7 2700X e tem como principais diferenciais inteligência artificial sofisticada, suporte a overclock e gráficos integrados Radeon RX Vega 10, que garantem alto desempenho em comparação com a linha UHD Graphics da Intel.

No Brasil, os dois modelos de notebook equipados com esse poderosíssimo quad-core e encontrados com mais facilidade no mercado são o Envy 360 da HP e o Ideapad 330S da Lenovo.


Lenovo Ideapad 330s Ryzen 7 – 81JQ0002BR

Notebook Lenovo Ideapad 330s Ryzen 7 8gb 1tb Placa Amd 540

  • PROCESSADOR AMD Ryzen 7-2700u (2.2GHz; 4MBCache)
  • MEMÓRIA RAM 8 GB DDR4 – expansível até 20 GB
  • PLACA DE VÍDEO dedicada AMD Radeon 540 com 2GB dedicados gDDR5
  • ARMAZENAMENTO HD de 1 TB (5400 RPM) |
  • TELA 15.6″ HD (1366 x 768) Antirreflexo  | Windows 10 | 1.87kg
    botão ver na loja

Ficha técnica do processador Ryzen 7 2700U

  • Clock: 2,2 GHz (Base), 3,8 GHz (Turbo)
  • Núcleos: 4
  • Threads: 8
  • Cache: 4 MB (em L3)
  • Gráficos: Radeon™ RX Vega 10 Graphics
  • TDP: 15 Watts

 

Desempenho e Especificações – Ryzen 7 2700U é bom?

Com 4 núcleos físicos e 8 threads, clock base de 2,2 Ghz e boost de até 3,8 Ghz, o Ryzen 7 2700U não deixa nada a desejar em comparação com processadores de ponta da Intel.

O modelo possui memória cache de 4 MB, o que significa um bom desempenho em múltiplas tarefas, já que o cache guarda os dados utilizados recorrentemente pelo usuário e cria uma otimização da experiência baseada nesse uso, levando menos tempo para buscar e processar informações.

Sem dúvidas, um dos principais diferenciais do Ryzen 7 2700U é sua placa integrada Radeon RX Vega 10, que alcança frequências de até 1300Mhz, o que é muito alto em comparação com outros chips gráficos integrados disponibilizados atualmente.

AMD Lenovo Ideapad 330S

 

Recursos

A AMD equipou o Ryzen 7 2700U com as tecnologias Radeon FreeSync e AMD SenseMI.

A Radeon FreeSync, de acordo com o site oficial da fabricante, “resolve os problemas de comunicação entre o processador e o monitor, eliminando as imagens cortadas e os quadros tremidos, proporcionando uma experiência de jogo muito mais fluida”.

Notebok acer com tecnologia Radeon FreeSync

 

Já o AMD Sense MI seria “um conjunto de recursos de aprendizagem e adaptação que ajuda os processadores AMD Ryzen a personalizarem o desempenho de acordo com seu perfil e suas aplicações, graças à verdadeira aprendizagem automática”.

Por fim, o chip gráfico RX Vega 10 é compatível com o Directx 12, otimizando ainda mais a experiência com o Windows 10.

 

Baixo Consumo

O Ryzen 2700U tem um TDP de baixíssimos 15 Watts. Para comparar, alguns processadores da Intel como o um i5-8300H possuem consumo de até 45 Watts.

Na prática isso significa que temos um menor consumo de energia e menor aquecimento, o que implica em uma durabilidade maior da bateria durante o uso diário e demanda estruturas de resfriamento menos complexas, tornando o Ryzen 2700U uma excelente opção para notebooks ultrafinos de alto-desempenho.

 

Concorrência

Atualmente, os principais concorrentes da linha Ryzen para notebooks são os Intel i5 e i7 de oitava e nona geração.

Além disso, como já comentado, um grande diferencial do  Ryzen 7 2700U é o chip gráfico integrado da AMD, o Radeon RX Vega 10, muito mais poderoso e eficiente do que o UHD Graphics da Intel.

Confira abaixo o desempenho superior do processador da AMD com chip gráfico Vega 10 em comparação com modelo similar da Intel:

Gráfico comparativo entre os processadores Ryzen 7 2700U e Intel Core i7-8550U

 

Modelos disponíveis no Brasil

Por enquanto, como dito no início desse artigo, os modelos mais comuns no Brasil que vem equipados com o Ryzen 7 2700U são o Ideapad 330S da Lenovo e o Envy x360 da HP .

Cada um desses modelos busca atender a um público muito distinto, sendo o Ideapad 330S em geral mais barato e direcionado ao consumidor que quer um hardware intermediário, enquanto o Envy x360 é voltado para quem quer performance e está disposto a pagar bem por isso.

A tendência em 2019 é que novos modelos com processadores Ryzen apareçam no mercado, balizando os preços e opções para os consumidores.


Vai comprar um notebook novo?

Então não deixa de ver nossa lista mensal de equipamentos recomendados, separamos por várias categorias e faixas de preço aqui:

melhores notebooks para comprar no mês 2018Os melhores custo benefício

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Eugenio disse:

    Especialista QNC, o Ryzen não perde para o I5, a disputa dele é com o I7 8550U e mesmo assim ele ganha. O I5 tem tem TDP de 15w a 1.6 Ghz (clock baixo), enquanto o Ryzen fica em 12 W a 2.2 Ghz (clock baixo), ou seja o processador AMD é muito superior, sem contar que o chip gráfico integrado da AMD é 3 vezes mais rápido do que o chip gráfico integrado no I5. Lembro que o turbo bost, é apenas momentâneo no uso do PC, pois ele não se sustenta por muito tempo tanto no AMD quando no Intel.

  2. Luana MAzzo disse:

    Bom dia.
    Entre os notebooks Lenovo Ideapad 330S AMD Ryzen 7 8GB, radeon 540 ( R$ 2.699,10) e o notebook Acer A515-52G-577T Core i5-8265U MX130 ( R$ 2.609,40), qual vocês me recomendam?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *