Superbook quer transformar seu telefone em Notebook

Que tal transformar seu smartphone potente em um Notebook? Isso já foi tentando com a Motorola, lançando o Atrix, a HP veio com um Windows Phone e, até a Microsoft tentou conectar seus phones a monitores, teclados e mouses com um novo acessório especial.

Infelizmente nenhuma destas opções “pegou”, mesmo assim a empresa Andromium Inc. está tentando fazer uma nova alternativa lançando o Superbook.

A ideia é basicamente oferecer um notebook que é só a “casca”, um acessório composto de Tela, teclado e bateria. Bastaria usar a porta USB para conectar seu Fone Android e dar vida ao aparelho. O processamento viria todo do seu celular, assim você transforma o telefone em Notebook.

Superbook quer transformar seu Fone em NotebookO dock é um tipo de chassis com monitor HD de 11,6″, teclado físico, trackpad multitouch, bateria com 8 horas de duração que permite carregar o telefone enquanto conectado.

Por enquanto ainda é um projeto, que atualmente se encontra em fase de financiamento do tipo crowdfunding na plataforma Kickstater, e está sendo uma das campanhas mais populares e ativas na categoria de tecnologia do site.

Como funciona esse Superbook?

Após adquirir este acessório, é só instalar o app Andromium OS no seu smartphone. Após conectar via cabo Superbook, vai aparecer uma interface nova, mostrada na tela do acessório, e seu smartphone ficará apagado, porém funcionando. Uma grande vantagem é que o Superbook carrega a bateria do celular enquanto plugado e operando.

Os usuários poderão acessar seus aplicativos, arquivos e contatos existentes no telefone sem precisar de sincronização. Além disso, se os usuários optarem por trocar de telefone Android para um modelo mais moderno, este telefone também será compatível com Superbook, sempre que tiver suporte USB-OTG, obtendo a nova capacidade de potência na experiência recebida.

A vantagem em converter o telefone em Notebook é o preço

Com visual quase idêntico ao um MacBook Pro, este equipamento é considerado bem baratinho, a unidade mais básica custa apenas 99 dólares (cerca de R$ 320 reais na cotação do dia), ou 85 dólares para os primeiros usuários a comprar no projeto, encontrando-se atualmente esgotado. Os envios serão realizados entre os meses de janeiro e fevereiro do próximo ano a qualquer parte do mundo.

Vamos torcer para que esta alternativa fique viável comercialmente a ponto de chegar ao Brasil.

Via: wwwhatsnew e Tecmundo


Gostou? Deixa seu comentário e opnião.

Laptoper

Laptoper é um especialista em notebooks que escreve os principais artigos do site "Que Notebook Comprar". Também dá as melhores dicas e ajuda quem quer comprar ou trocar seu notebook pelo melhor modelo.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *