Notebooks mais caros em 2021! O preço vai subir? Estoques vão acabar?

Neste início de ano muitos consumidores estão se perguntando: “Como vão ficar os preços dos notebooks em 2021“? Neste artigo vamos comentar sobre as tendências do mercado e o que as principais notícias apontam sobre notebooks mais caros em 2021.

Antes de tudo queremos te lembrar da existência de nos nossos grupos do WhatsApp e Telegram, onde todo dia mandamos dicas de ofertas e cupons que estão valendo.

Os notebooks vão ficar mais caros em 2021?

2020 foi um ano super complicado e turbulento, pois praticamente tudo que entendíamos como “normal” mudou e, como consequência,  os preços dos eletrônicos subiram abruptamente de forma geral. Para piorar, infelizmente a pandemia continua neste ano de 2021, assim como a alta do dólar, o isolamento social e os vários outros desdobramentos causados pelo COVID-19. Um dos reflexos disso acaba sendo inevitavelmente repassado para os consumidores.

Notebooks mais caros em 2021 aumento de precos valores mais altos

Então, para quem estava pensando em melhorias no setor de notebooks, as expectativas não são nada boas… Uma das principais notícias que correu no mundo da informática neste início de ano foi que o mercado está ficando sem chips semicondutores.

Lembrando que um notebook é feito de muitos tipos de chips, que vão além de CPU e GPU. Tem chip na tela, no teclado, na placa mãe e por aí vai…

Fábricas não estão dando conta de produzir chips

No ano passado as principais fábricas do setor de semicondutores sofreram em dois pontos que se contrapõem: a produção perdeu capacidade e a pandemia aumentou a demanda. Para se ter uma ideia, até os chips usados na fabricação de veículos estão começando a faltar no mercado. É a lei da oferta e procura.

Vários fabricantes anunciaram que vão ter que fazer reajustes nos preços, ou retirar descontos para quem compra em grandes quantidades, ou seja: AMD, NVIDIA e grandes contratos terão que pagar mais por tudo.

Resumindo: “acabou a mamata!”. Quem acompanha o mercado de peças de computadores já deve ter visto que muitas fabricantes de placas de vídeo e placas mãe estão anunciando aumentos nos preços, como ASUS, EVGA e Zotac.

Notebooks mais caros em 2021 microchips estao em falta

E no caso das placas de vídeo, existe ainda uma curiosidade: a demanda por elas aumentou muito porque “mineradores” de Bitcoin usam GPUs para gerar essa criptomoeda. Como as criptomoedas andam valorizadas, a compra de placas de vídeo também aumentou muito. Segundo a galera do THE VERGE, os preços das GPUs subiram em até 16%.

E no final das contas, quem é que paga esses reajustes? Claro que é, como sempre, o usuário final.


Fim de isenções irá afetar ainda mais os preços

Quem pensa que os problemas são apenas a pandemia e a alta do dólar está enganado! Nos Estados Unidos ocorrerá ainda o fim de isenções de tarifas de importação de produtos de informática da China, que podem subir de 7,5% até 25%. E sim, as taxas e impostos da América do Norte podem afetar nós brasileiros, pois o mercado global é muito dependente dos EUA em muitas coisas, como logística de distribuição.

Notebooks mais caros em 2021 fim das isencoes fiscais importacao EUA China

Segundo a empresa MSI, suas placas e vídeo devem sofrer um aumento de 9% aqui no Brasil por conta destes detalhes.

Os notebooks gamers podem ser os mais afetados. É notório, para quem acompanha o mercado nacional, que a escassez de alguns modelos continua, até modelos super populares como o Nitro 5 ou o Aspire 5 com MX250 ainda estão com estoques bem reduzidos, sendo que muitas versões deles sumiram das lojas faz meses. E, quando voltam, costumam durar pouco.


Qual é a dica para comprar um notebook em 2021?

Tendo em vista todos os problemas que o mercado global vem enfrentando, a dica deste ano vai ser a mesma do ano passado: se você quer comprar um notebook, talvez seja melhor fazer isso o mais rápido possível, enquanto os estoques ainda não tiveram reajustes ou atualizações de valores.

Fica aqui a nossa torcida para algum milagre faça com que, por exemplo, o dólar baixe de forma consistente e por um longo prazo, pois aí sim poderia dar uma grande ajuda para nós brasileiros que dependemos de produtos eletrônicos.

Deixe nos comentários sua previsão. Será que as coisas ainda podem melhorar?


Veja também

Como comprar notebook barato durante a crise? Dicas em 2020

E descubra como foi no ano passado

Notebook mais caro em 2020? Preços e estoques serão afetados no Brasil

Você pode gostar...

11 Resultados

  1. Lu disse:

    Quais dos notebooks abaixo o QNC recomendaria para trabalhos de design e motion design?
    Avell MUV A60 295765 (intel i7 9 H/ GTX 1660Ti com 6GB DDR6/500 SSD/16GB RAM/ Tela 144 Hz)
    Acer PH315-52-748U (intel i7 9 H/ / GTX 1660Ti com 6GB DDR6/ 128 SSD/ 16GB RAM +1TB/ Tela 144Hz)
    Novo Dell G3 15 (intel i7 10 H / GTX 1660Ti com 6GB DDR6/ 512 SSD/ 16GB RAM/ Tela 120 Hz 250 nits).
    Dell G5 (intel i5 9 H / GTX 1650 com 4GB DDR5/ 512 SSD/ 8GB RAM/ Tela 60Hz 300 nits).
    E qual desses notebooks, exceto Avell, apresenta melhor tela?

  2. Lu disse:

    Quais dos notebooks abaixo o QNC recomendaria para trabalhos de design e motion design?
    Avell MUV A60 295765 (intel i7 9 H/ GTX 1660Ti com 6GB DDR6/500 SSD/16GB RAM/ Tela 144 Hz)
    Acer PH315-52-748U (intel i7 9 H/ / GTX 1660Ti com 6GB DDR6/ 128 SSD/ 16GB RAM +1TB/ Tela 144Hz)
    Novo Dell G3 15 (intel i7 10 H / GTX 1660Ti com 6GB DDR6/ 512 SSD/ 16GB RAM/ Tela 120 Hz 250 nits).
    Dell G5 (intel i5 9 H / GTX 1650 com 4GB DDR5/ 512 SSD/ 8GB RAM/ Tela 60Hz 300 nits).
    E qual desses notebook, exceto Avell, apresenta melhor tela?

  3. Guilherme disse:

    Boa noite, estou em dúvida entre dois notebooks Gamer para comprar e pra durar bastante tempo. Seria Acer nitro 5 com processador Ryzen 7 ou i5 de 9 geração ou Lenovo Gaming 3i com processador i7. Qual vc indicaria ?

  4. marcos disse:

    é, estamos sofrendo para comprar um notebook compatível com o nosso orçamento

  5. Cesar disse:

    Parabéns pelo conteúdo do site e artigo desta página!

    Gostaria de indicação de uma máquina para fazer a edição de vídeos com depoimentos e entrevistas para envio aos clientes de uma microempresa.

    A ideia de edição dos vídeos não é fazer uma edição ultra profissional. O objetivo é gravar um porta-voz com o meu smartphone, depois fazer a edição básica para colocar o tema da semana na abertura do vídeo, inserir os créditos, inserir frases-destaques do porta-voz, colocar vinheta para fechar o vídeo que geralmente terá entre 5 e 10 minutos

    Gostaria de duas dicas de notebooks para me atender nesse sentido que custe entre 3.500 e 4.000 por favor? E deles, qual o preferido por vcs para minha necessidade profissional.

    Um abraço e obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *